6 dicas para cuidar da pele no carnaval

Já estamos na contagem regressiva para o Carnaval e, na maioria das cidades, a folia já começou com os bloquinhos de rua e shows diversos. Muita gente está com fantasias, maquiagens, penteados e adereços preparados, mas algumas se esquecem de planejar também a proteção da pele contra a exposição solar e os agentes químicos dos produtos usados nessa época. Por isso, a dermatologista da Fêmina Clínica de Estética, Paula Azevedo, dá algumas dicas práticas para não passar carão nesse feriado.

1 – Protetor solar de duas em duas horas

No carnaval, em pleno verão brasileiro, muita gente fica o dia todo exposto ao sol, sejam nas praias ou nas comemorações de rua e não se atentam à necessidade de reaplicar o protetor solar a cada duas horas. A quantidade, segundo a dermatologista, não adianta ser pouca, mas precisa ser suficiente para cobrir toda a pele. O uso do protetor solar também ajuda a prevenir a insolação, da qual falaremos mais a seguir.

Nessa época usamos abadás estilizados, short, regatinha e, por isso não temos como fazer uso das roupas com proteção solar. A solução então é o uso protetor solar, reaplicando a cada duas horas para garantir proteção adequada. As pessoas usam glitter no rosto, no colo e esquecem do principal que é a proteção solar. Já existem no mercado protetores solares com glitter que são uma opção mais prática.

2 – Hidratação constante para ter a pele bonita e prevenir insolação

Uma das coisas mais importantes para a saúde em geral é o consumo de água na quantidade ideal para o funcionamento adequado do organismo. E se a pele sofre com os efeitos físicos da falta de hidratação, existem riscos mais profundos. No calor, esse cuidado deve ser redobrado, ainda mais para quem faz uso de bebida alcoólica que causa desidratação e, aliada à exposição solar, pode causar a temida insolação.

As causas da insolação são o excesso de exposição solar sem proteção, a prática de atividades que causam esgotamento ou enfraquecimento físico, uso excessivo de roupas ou roupas pesadas e passar muito tempo sem hidratação. Os principais sintomas da insolação são:

  • Pele quente e seca;

  • Aceleração dos batimentos cardíacos

  • Dores de cabeça;

  • Tontura;

  • Náuseas;

  • Confusão mental;

  • Temperatura elevada.

3 – Pré-maquiagem e o uso dos primers

O primeiro cuidado vem antes do início da maquiagem em si. A preparação da pele deve ser feita com o uso de sabonetes mais leves, ricos em água termal e hidratantes que vão ajudar a deixar a maquiagem mais bonita. Existem no mercado primers específicos para a área dos olhos, que dão uma super diferença, e para o rosto. Eles melhoram a textura da pele, corrigem poros abertos e fazem uma certa proteção para a pele. Hoje temos, inclusive, produtos desse tipo com ativos de tratamento.

4 – Pós-maquiagem e limpeza da pele

Não podemos cair na tentação de dormir sem remover a maquiagem. Além de prejudicar a pele, isso aumenta o potencial de alergia. Como o carnaval dura alguns dias e normalmente são usados muitos produtos na pele, principalmente sombras, o melhor é evitar o risco de irritação da pele com a limpeza adequada. Use os produtos que seu dermatologista já indicou para a sua rotina, como água micelar, sabonete ou demaquilante. Existem demaquilantes em óleo que podem ser mais eficazes para retirar maquiagens mais pesadas. O ideal é limpar e hidratar com algum produto que recupera a barreira protetora da pele.

5 - Cabelos

Além da pele, os cabelos também sofrem muitas aplicações de produtos com agentes agressores químicos nessa temporada, como os fixadores, sprays coloridos, adesivos, glitter, etc. Uma dica valiosa é usar produtos com proteção térmica, para minimizar os efeitos do uso de secadores e chapinhas e proteção solar, que vão “envelopar” os fios do cabelo.,

6 – Adereços em adesivo colados diretamente na pele

Vale ressaltar que é indicado sempre buscar por produtos dermatologicamente testados para garantir que não haja reação alérgica, principalmente para quem tem a pele sensível. “Como as pessoas costumam colar muitos itens na pele, recomendo sempre que se utilize o solvente indicado de fábrica que vem com produto, se for o caso. Se o produtor não vier com esse líquido, é preciso remover com delicadeza para não causar irritação e se tiver dificuldade, indico tomar um banho mais quentinho para ajudar a derreter aquela cola que fica”, finaliza a dermatologista.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags

AGENDE SUA AVALIAÇÃO

Basta um clique

ENDEREÇO

Rua 15, 1340,

Setor Marista

Goiânia - GO

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Seg a Sex: 7h - 18h

  • Instagram Fêmina Estética
  • Facebook Fêmina Estética

© 2018 por Fêmina

Clínica de Estética